Inverno

Fechei o livro e empurrei-o displicentemente para o chão. Minha vontade era de jogar longe, mas estou cansada, faltam-me forças até para arroubos de violência. Faz quase uma semana que acordo cada dia um pouco mais fraca, um pouco menos viva. Acordo com a sua voz alta e firme ecoando pela casa inteira – voz de professor: “eu vejo força na música contemporânea brasileira, eu vejo força nas artes visuais brasileiras – mas eu não vejo força na literatura contemporânea brasileira”. Tive que segurar forte a mãozinha frágil de Alice, que quis fugir ali no ato, e desde então fita todas as janelas com um olhar preocupante, decidido. Se ela for, minguo de vez.

Estão datados o sexo, as drogas e o desbunde. A política e a revolta. Engajamento então nem se fala. Também datou tentar (re)inventar o Brasil e deusmelivre esse tom confessional adolescente. Verso livre só se provar antes que sabe metrificar.

Sobra muito pouco, Alice, mas não fuja ainda não. Amanhã eu juro que invento algo novo. Ou começamos aula de canto. Por hora, sejamos infantis diante da indignação. Você não vai para o balé e nem eu pra faculdade. Fiquemos aqui quietinhas, hibernando, recuperando forças. Eu leio pra você:

esconderijo

Do teu esconderijo vê, e no teu esconderijo constrói,

sai dele apenas quando puderes dar algo aos outros.

Antes, é cedo demais, muito depois, é excessivo egoísmo.

Mas mesmo esta convicção não ajuda, não sei

Como viver, não sei o que é mais moral, mais ético,

Onde intervir, para onde olhar ouvir o quê?

Há tantas coisas que falam ao mesmo tempo.

(Gonçalo M. Tavares)

Anúncios

Sobre L.

sou desesperadamente alice Ver todos os artigos de L.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: